logo

Pisada sustentável: indústria de calçados investe em inovação e reciclagem

Há um movimento mundial para tornar a indústria de calçados mais ecológica. Um estudo descobriu que a produção de um par de tênis para corrida, por exemplo, emite 13 kg de dióxido de carbono. Isso porque a produção envolve materiais como couro, nylon, borracha sintética, plástico e viscose. E todos estes materiais também têm um grande impacto ambiental.

Algumas índústrias já apresentam alternativas de calçados para o consumidor consciente.

Chinelo-ecologico-cana-de-açucar

Chinelos de EVA de cana-de-açúcar

A Allbirds, de São Francisco, na Califórnia (EUA), lançou uma linha de chinelos com um EVA brasileiro que não é derivada do petróleo e, sim, da cana-de-açúcar. A espuma macia é chamada de SweetFoam™ e foi desenvolvida pela Braskem, no Brasil. Por ser uma alternativa biológica, o produto não é poluente. As solas já são conhecidas como o primeiro EVA verde do mundo.
Os Sugar Zeffers levaram dois anos para serem desenvolvidos e são inspirados nos chinelos japoneses (bem a cara das nossas Havaianas). Para concluir este projeto com apelo universal e tiras intercambiáveis, foram dois anos de desenvolvimento.

A Nae é uma marca portuguesa de calçado que também utiliza materiais inovadores. Os seus calçados sustentáveis ​​incluem garrafas PET recicladas, microfibras certificadas pela OEKO-TEX®, pneus de carro reciclados, cortiça natural, termoplástico reciclado e até fibra de folhas de abacaxi. O sistema de fabricação é neutro em em produção de carbono e a marca é qualificada como vegana.

Calçados com produtos naturais e ecológicos

Feitas no Brasil a partir de algodão reciclado e borracha silvestre, os tênis da marca francesa Vert são perfeitos para combinar com seus jeans favoritos. A Vert paga a seus produtores de algodão cooperativo e seringueiros entre 30% e 100% acima do preço do mercado mundial. Como não investem em propaganda usam o dinheiro no fortalecimento de suas práticas éticas.

Tênis sustentável algodão e borracha natural.

Tênis de algodão reciclado e borracha natural.

Algumas opções de calçados com material reciclado

Enquanto isso, na Etiópia, a soleRebels esta focada em fazer solas de calçados reciclando pneus que acabariam em aterros sanitários. Na Indonésia, o Indosole intercepta pneus antes de chegar a aterros sanitários ou é queimado, e depois os transforma em solas para calçados produzidos localmente.

Já a Sole, sediada no Canadá, produz palmilhas e sandálias com cortiça reciclada e entressolas anatomicamente projetadas. A coleção faz parte do programa ReCORK da empresa, que coleta rolhas naturais pós-industriais e pós-consumo e as recicla em uma série de produtos ecologicamente corretos.

A marca de moda espanhola Ecoalf fabrica tênis leves a partir de garrafas PET recicladas e fibras Sorona renováveis. A Ecoalf reutilizar residuos como redes de pesca, pneus velhos e até mesmo borra de café e transforma tudo em materiais de alta qualidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *